Serviços inúteis

Esta é uma cena é comum. Você leva seu carro a uma oficina e comumente ouve: 'É necessário efetuar a descarbonização do motor, pois a gasolina brasileira é muito ruim e danifica os componentes do motor'. 
Você, como a maioria dos proprietários e motoristas desconhecem o assunto e acredita naquela informação “técnica”, pensando nos benefícios para o carro e na sua economia futura. Ocorre que, se v. aceitar estes argumentos, estará jogando dinheiro fora. Estes serviços não são recomendados pelas montadoras a título de manutenção preventiva. Devem ser opções para corrigir um problema tecnicamente detectado, mas não para “evitar”. 
Com a modernização dos automóveis muitos mecânicos “criaram” serviços desnecessários para faturarem mais. Atualmente os carros tiveram uma evolução tecnológica muito grande e ficaram mais resistentes que os do passado. V. deve lembrar-se dos constantes problemas dos platinados, dos condensadores, das regulagens constantes, da troca de óleo a cada 3.000 km, etc., etc. Os motoristas mais novos desconhecem o condensador, o platinado e nem as bombas de combustível que constantemente estavam apresentando defeito. 
Os veículos atuais exigem muito menos manutenção. Entretanto é importante lembrar quando ela deve ser feita. Obrigatoriamente deve-se fugir do “mecânico da esquina”, pois seu carro necessita mão de obra qualificada e equipamentos eletrônicos de tecnologia sempre atualizada. Devido a isto as “oficinas de fundo de quintal” estão desaparecendo e dando lugar aquelas que se especializaram e investiram na mão de obra técnica e equipamentos modernos.
Consulte o manual do proprietário, veja quais os serviços recomendados pela montadora e utilize uma oficina em que v. confie e que disponha de equipamentos e mão de obra especializada para efetuar a manutenção preventiva necessária e correta ou reparo que seu veículo necessite. 

0 Response to " "

Postar um comentário